TURISMO

A Província de Tete, oferece grandes atractivos para o desenvolvimento do turismo do interior. Na albufeira de Cahora Bassa, a actividade turística já está em franco desenvolvimento, ainda há a destacar as águas termais de Boroma, as fontes de água da Angónia, da Macanga de Chiúta, de Zumbu as fortalezas na cidade de Tete, para além de muitos outros locais de interesse turístico.

Igualmente, Tete está recheado de vários atractivos paisagísticos que se encontram por exemplo no: no grande Vale do Zambeze e na orografia para a prática do turismo de montanha.

Para conservação dos recursos naturais há um envolvimento das comunidades locais na utilização e maneio dos recursos  naturais como o caso “Tchuma Tchato”, um modelo mais viável e transparente para a protecção do meio ambiente natural ao benefício de todos nós na terra. Desta, é uma forma e processo capaz de identificar formas de como os conflitos entre os homens e outros recursos na gestão de espaço e no uso dos recursos naturais pudessem ser minimizados. Esta filosofia viabiliza as comunidades rurais vulneráveis aos impactos causados por esses recursos estarem envolvidos na gestão e utilização sustentável dos mesmos recursos, resultando assim na melhoria da qualidade da sua vida.